09/05/2012

Colônia do Sacramento - Uruguai

     

Calle de los Suspiros (Rua dos Suspiros)

         Colônia do Sacramento, ou apenas Colônia, é uma cidade uruguaia localizada a oeste de Montevideo, a beira do Rio da Prata. na margem oposta à Buenos Aires.
         Foi fundada há mais de 300 anos, a mando de Portugal, e foi disputada pela Coroa Espanhola e Portuguesa ao longo dos anos. Chegou até mesmo a pertencer ao Brasil durante 6 anos, quando, já independentes, anexamos a Cisplatina (1822 a 1828). Em 1828, o Uruguai se tornou independente, levando  nossa Colonia do Sacramento.
        O centro histórico de Colonia é reconhecido pela UNESCO como patrimônio da humanidade.
          É conhecida como a Paraty do Uruguai, pelas semelhanças arquitetônicas que mantêm.

1) Como ir
    Apesar de pertencer ao Uruguai, Colônia é mais acessível por Buenos Aires, devido a sua localização geográfica, estando distante desse uma hora de barco, somente. De Montevideo, Colonia está cerca de duas horas de carro. 
     Vindo por Buenos Aires, algumas empresas fazem o transporte. Do cais de Puerto Madero, na altura da Av. Cordoba, partem os barcos da Buquebus e da Colonia Express. Os barcos da primeira são maiores, com free shops a la aeroporto. Os da Colônia Express são menores, com free shops também minúsculos. No entanto, os preços das passagens da Buquebus são bem mais caros do que os da Colônia Express. Eu comprei as passagens pela Colônia Express, mas quando cheguei ao porto, fui direcionado para o barco da Buquebus e não reclamei... rsrs. Outros relatos dão conta que a prática é comum na viagem de ida, fazendo-nos crer que as empresas são parceiras.Outra dica é comprar as passagens on line ou pelo telefone, porque os preços ficam ainda mais baratos- pelo menos com a Colônia Express foi assim. A volta não teve jeito: acabou sendo pelo barco da própria Colônia Express. Se for nesse esquema, aproveite para fazer o free na ida.

2) Quantos dias?
Colonia é facilmente explorada em apenas um dia, podendo ser interessante também dormir por lá uma noite. Só não recomendo mais do que dois dias, porque acredito que não terá mais nada para se fazer. Se for fazer um bate e volta por Buenos Aires, procure pegar o buque cedo para aproveitar o dia todo em Colonia. Os museus por lá costumam fechar às 16h 30 min.
     
2) Moeda para levar
 
     Muitos lugares aceitam reais, mas não todos. Dólares também são bem aceitos. O mais seguro, no entanto, é trocar alguns reais (ou dólares ou pesos argentinos) por pesos uruguaios, assim que desembarcar em Colonia, num centro comercial à direita da saída do porto. O cambio não é tao ruim e você fica tranquilo para fazer pequenas compras.

3) Documentos necessários

     Para a entrada no Uruguai você precisará da sua identidade ( não serve habilitação nem profissional) ou passaporte válido.Se vier pela Argentina, com passaporte, a imigração é no esquema 2 em 1, logo na saída de Buenos Aires, onde ficam lado a lado um oficial da Argentina (carimbo de saída) e o do Uruguai (já para carimbar a entrada)



4) Como se deslocar

       Logo no desembarque, em Colonia, você verá alguns guichês oferecendo aluguel de motos e  carros. Mas a febre por lá são esses carrinhos da foto abaixo, para até 4 passageiros. A diária desses é em torno de U$ 40,00. Na entrega, você terá que completar o tanque. E cuidado porque no posto de gasolina só aceitam pesos uruguaios!


        É possível, no entanto,conhecer todo centro histórico sem carro. Mas é preciso gostar de caminhar para conhecer tudo. A única atração que se faz necessário o carro, no entanto, é a Plaza de Toros. Mas se quiser economizar e curtir caminhar pelo centro histórico, dispense o carro e esqueça a Plaza de Toros. Não é uma atração imperdível.

5) Centro Histórico

Comece pelo portal de entrada do centro histórico (Portón de Campo).



Perto dele há um centro de turismo que você poderá pegar um mapa da cidade gratuitamente como esse abaixo, com todas as atrações do centro historico e restante da cidade :

Cento Historico


1 - Portal
2- Calle de los Suspiros



3- Museu Portugues

4- Plaza Mayor


5 - Ruinas do Convento de Sao Francisco
6 - Casa de Nacarello
7 - Museu Municipal
8 -Casa de Virrey
9- Museu do Azulejo

10 - Arquivo Regional
11 - Resgate Arqueologico da casa do Governador
12 - Basilica do Santissimo Sacramento
13 -Museu Indigena
14 - Museu Espanhol
15- Centro Cultural Bastion de Carmem
16 -Cais
17 - Museu Naval e Forte




 

















Caminhe calmamente pelo centro histórico, observando todos os detalhes das construções, do calçamento, das ladeiras, das cores das fachadas, das arvores (das bougainvilles), dos lampiões. Também há alguns carros de outras décadas parados lá. Ao contrário de Paraty, onde todas as ruas tem comercio, o centro historico de Colonia tem ruas mais desertas, com casas particulares e construções históricas.







A Plaza de Toros fica distante do centro historico e nada mais é do que um antiga arena construída para touradas. Não é possível entrar no local.Alugar carro só para ir visita-la realmente não vale..



   Para comer, alguns restaurantes indicados são o El Buen Suspiro, La Florida, Lentas Maravillas e La Bodeguita. O El Drugstore, apesar de famoso, tem comida bem mediana.

     No hora do por do sol, corra para a mureta do Rio da Prata e dê adeus a querida Colonia do Sacramento.