18/01/2012

Restaurante CT Boucherie - Rio de Janeiro

     
           CT, para quem ainda não imagina, são as iniciais do mega chef francês - já bem brasileiro - Claude Troigros. Boucherie, em francês, é açougue.

           Há pouco mais de um ano, Claude inaugurou, juntamente com os filhos Carolina e Thomas, o seu CT Boucherie, na rua mais gastrônomica do Rio, a Dias Ferreira, no bairro do Leblon. O restaurante conta com número reduzido de mesas. Diante da fama que vem ganhando, a fila na porta é constante.Abre para almoço ( 12 às 16h) e jantar (19 às 24h). Se não tiver feito reserva, evite os horários de pico do almoço (13h-14) ou do jantar (21h às 23h).
         O esquema do Boucherie é o seguinte: você escolhe um dos cortes/ tipos de carne do menu e o molho. Assim que a carne chega à mesa, uma dezena de acompanhamentos surge no sistema de rodízio, sem qualquer custo adicional. Quer dizer, o preço pago pela carne já mais do que banca tudo isso.
          Na primeira vez que estive na casa, optei pelo filé mignon em crosta de ervas (R$ 69,00) que vem acompanhado de um molho à sua escolha (Bordelaise, mostarda de meaux, ao poivre etc) e pequenos pedaços de bananas caramelizadas.Apesar de parecer pequeno, o corte é alto, saboroso e quase pode ser cortado com uma colher, de tão macio que é.



             Aparecem também como boas sugestões o prime rib (R$ 75,00), o Chateaubriand (coração do filé mignon, R$ 75,00) e o bife de chorizo (R$ 75,00) apesar de não os ter experimentado.  Embora tenha voltado ao restaurante, não fui nada original e, novamente, fui de filé mignon em crosta de ervas.
Prime rib de vitela
               
             Juntamente com a carne, são trazidas porções de batata chips e da incrível farofa feita com farinha panko - uma espécie de farinha de rosca japonesa muito crocante. Os demais acompanhamentos chegam no sistema rodízio.Experimentei o melhor purê de baroa da vida... Comi uma polenta com agrião deliciosa. Me fartei com o arroz maluco feito com arroz basmati. Segui ainda com couve flor gratinada, chuchu grelhado, tomates grelhados com queijo, legumes gratinados e vagem francesa. E o novo risoto de quinoa. Tudo perfeito.
              A comida, como já era de se esperar, é ótima e dá para comer até se fartar,   se é que você me entende..A carta de vinhos é reduzida, com ênfase nos vinhos franceses.
              Se quiser pagar menos, de segunda a sexta, o almoço executivo sai a R$ 42,00. A carne, entretanto, fica restrita ao baby beef e ao peixe do dia.Tá valendo...           
             O restaurante acaba de levar o prêmio da Veja Rio de "o melhor de carnes" e Claude Troigros o de restauranteur do ano. Já são mais dois motivos para se conferir o "açougue do francês".

*valores dos pratos atualizados em abril de 2012




CT Boucherie
Rua Dias Ferreira, 636 -Leblon, Rio de Janeiro.
Tel: (21) 2529-2329

http://www.ctboucherie.com.br/




Nenhum comentário:

Postar um comentário