22/01/2012

Balada Mix - Café da manhã- Barra da Tijuca (e outras lojas) -RJ

           A primeira loja foi aberta há alguns anos, numa esquina da Rua Érico Veríssimo, na Barra da Tijuca. Posteriormente, com o sucesso, uma nova loja foi aberta há poucos metros da primeira, com dimensões bem maiores, tendo sido fechada a anterior. Faça chuva, faça sol, o restaurante está sempre lotado. Hoje, a rede conta com mais 6 lojas (Shopping New York, Shopping Downtown, Ipanema, Leblon, Tijuca e Recreio). Em breve, será inaugurada a loja do Rio Design Barra.
          Sem tirar o mérito do empreendimento, acho que o sucesso se deve muito pelo serviço eficiente, pelo ambiente agradável e pela falta de opções de restaurantes do gênero na cidade (e que tenham ambos predicados citados) do que propriamente pela comida, que é apenas razoável. Merece destaque a pizza, os sucos e o açaí (mas não a granola). Falta sabor aos sanduíches e às saladas.E o preço dos sanduíches especiais não ficam nada atrás de refeições completas em outros restaurantes.
          Mas de um tempo para cá o restaurante passou a oferecer aos sábados, domingos e feriados o seu café da manhã, no estilo buffet a preço fixo em todas as lojas, exceto as do Leblon e Tijuca. Pague e coma o quanto quiser - ou puder.
          Muitas são as opções de frutas. Todas frescas e bem cortadas. Aparecem separadas individualmente ou na salada de frutas. Há também algumas opções de cereais e iogurtes. 


Suco, somente o de laranja. Chá e Mate também a vontade.São oferecidos diversos frios, geleias, cream-cheese, ovos mexidos, salsichas...Já estão incluídos o cafe, o leite e chocolate.Tudo bem satisfatório.

Se ainda tiver estômago, há várias opções de bolos caseiros e rabanadas (ruins).

         Seria tudo perfeito se não fossem os pães. Além da pouca variedade,  ficam expostos na mesa do buffet, estando sempre muito frios, com exceção dos pães de queijo, que são repostos a todo instante!
         Os preços são fixados conforme o dia da semana e o sexo do cliente. Para mulher é mais barato.Para crianças também. E as que não tiverem completados 5 anos, não pagam. Se bem que tem mulher por ai comendo muito mais do que homem....

>>>>> Atualmente o restaurante está com a promoção do "cheque-presente". Indo antecipadamente à loja da Érico Verissimo e comprando o cheque-presente para o dia pretendido (sábado ou domingo), você ainda consegue um valor menor para o café, conforme tabela abaixo.

Horário: de 8h 30min a 12h 30min 


SÁBADOS
MasculinoFeminino
Valor Atual:R$ 28,90R$ 22,90
Dinheiro (desc. 20%)*R$ 23,10R$ 18,30
Cartões (desc. 10%)*R$ 26,00R$ 20,60
* Cheque-presente
DOMINGOS E FERIADOS
MasculinoFeminino
Valor Atual:R$ 31,90R$ 24,90
Dinheiro (desc. 15%)*R$ 27,10R$ 21,10
Cartões (desc. 10%)*R$ 28,70R$ 22,40
*Cheque-presente
fonte:http://www.baladamixrestaurante.com.br/descontos_110805.php


             Crianças pagam R$ 14,90 no sábado e R$ 16,90 no domingo.


Balada Mix -
Av. Érico Verissimo, 843 - Barra da Tijuca - RJ + outros endereços (ver site abaixo)


18/01/2012

Restaurante CT Boucherie - Rio de Janeiro

     
           CT, para quem ainda não imagina, são as iniciais do mega chef francês - já bem brasileiro - Claude Troigros. Boucherie, em francês, é açougue.

           Há pouco mais de um ano, Claude inaugurou, juntamente com os filhos Carolina e Thomas, o seu CT Boucherie, na rua mais gastrônomica do Rio, a Dias Ferreira, no bairro do Leblon. O restaurante conta com número reduzido de mesas. Diante da fama que vem ganhando, a fila na porta é constante.Abre para almoço ( 12 às 16h) e jantar (19 às 24h). Se não tiver feito reserva, evite os horários de pico do almoço (13h-14) ou do jantar (21h às 23h).
         O esquema do Boucherie é o seguinte: você escolhe um dos cortes/ tipos de carne do menu e o molho. Assim que a carne chega à mesa, uma dezena de acompanhamentos surge no sistema de rodízio, sem qualquer custo adicional. Quer dizer, o preço pago pela carne já mais do que banca tudo isso.
          Na primeira vez que estive na casa, optei pelo filé mignon em crosta de ervas (R$ 69,00) que vem acompanhado de um molho à sua escolha (Bordelaise, mostarda de meaux, ao poivre etc) e pequenos pedaços de bananas caramelizadas.Apesar de parecer pequeno, o corte é alto, saboroso e quase pode ser cortado com uma colher, de tão macio que é.



             Aparecem também como boas sugestões o prime rib (R$ 75,00), o Chateaubriand (coração do filé mignon, R$ 75,00) e o bife de chorizo (R$ 75,00) apesar de não os ter experimentado.  Embora tenha voltado ao restaurante, não fui nada original e, novamente, fui de filé mignon em crosta de ervas.
Prime rib de vitela
               
             Juntamente com a carne, são trazidas porções de batata chips e da incrível farofa feita com farinha panko - uma espécie de farinha de rosca japonesa muito crocante. Os demais acompanhamentos chegam no sistema rodízio.Experimentei o melhor purê de baroa da vida... Comi uma polenta com agrião deliciosa. Me fartei com o arroz maluco feito com arroz basmati. Segui ainda com couve flor gratinada, chuchu grelhado, tomates grelhados com queijo, legumes gratinados e vagem francesa. E o novo risoto de quinoa. Tudo perfeito.
              A comida, como já era de se esperar, é ótima e dá para comer até se fartar,   se é que você me entende..A carta de vinhos é reduzida, com ênfase nos vinhos franceses.
              Se quiser pagar menos, de segunda a sexta, o almoço executivo sai a R$ 42,00. A carne, entretanto, fica restrita ao baby beef e ao peixe do dia.Tá valendo...           
             O restaurante acaba de levar o prêmio da Veja Rio de "o melhor de carnes" e Claude Troigros o de restauranteur do ano. Já são mais dois motivos para se conferir o "açougue do francês".

*valores dos pratos atualizados em abril de 2012




CT Boucherie
Rua Dias Ferreira, 636 -Leblon, Rio de Janeiro.
Tel: (21) 2529-2329

http://www.ctboucherie.com.br/




15/01/2012

Chácara Tropical - RJ (café da manhã)

           Um dos grandes prazeres que tenho é iniciar o dia com um café da manhã bacana.Seja pela própria qualidade do café oferecido, seja pelo ambiente onde ele é servido.
          Em quase todas as listas de café da manhã divulgadas pelos críticos no Rio, a região da Barra da Tijuca é sempre preterida.Tudo bem que, de fato, não possui tantas opções de café da manhã como na Zona Sul. Mas mesmo as que existem não são sequer mencionadas. Nesse contexto, aparece o café da manhã da Chácara Tropical. Como o próprio nome sugere, trata-se de uma chácara localizada na região do Itanhangá -ali, quase no pé do Alto da Boa Vista - especializada na comercialização de plantas e flores, vasos ornamentais, mobiliário de madeira, peças de decoração regionais, entre outros. O diferencial é que você pode escolher a planta -dentre as centenas vendidas no local- o vaso e fazer arranjos com pedras e areias de todas as cores.
         
           Possui também uma área dedicada exclusivamente aos bonsais (árvores em miniaturas).


           Passando ao que nos interessa, o café da manha é servido num espaço dentro da própria chácara que, apesar de fechado, possui algumas paredes de vidro, possibilitando um visão ampla de todo o ambiente agradável de plantas e flores da chácara. 

O mobiliário é todo de madeira rústica.Operam  no sistema a la carte, com opções de itens individuais, ou no modo combinado, com diversos itens incluídos e que satisfaz duas pessoas, a um custo de R$ 42,60. É composto por suco de laranja, manteiga, geléia, frios, salsicha, ovos mexidos, mini panquecas, mamão, iogurte, granola e uma cesta com pães ainda quentes. Também está incluído o café, o café com leite ou um chocolate. No entanto, somente estão incluídas uma unidade de cada bebida (suco e café), e uma de iogurte e mamão. Se quiser mais de uma, você precisará pedir por fora, avulso. Nesse caso, a brincadeira não vai sair tão barata assim, passando dos R$ 30,00 por pessoa. Mas ainda assim tá valendo...


         Existe ainda a opção do combinado brunch, que além de todos os itens acima, conta também com uma taça de espumante, salmão marinado e waffles, a um custo de R$ 68,00 (duas pessoas com as mesmas observações acima quanto às bebidas e alguns itens). 
       Possuem também uma carta de tapiocas salgadas e doces, vendidas separadamente, por R$ 9,60 a unidade.
          Tudo muito redondo. Pena que esqueceram de incluir nesses combinados, ao menos, uma fatia de bolo....


Chácara Tropical
Av. Dom Rosalvo da Costa Rêgo, 420. Itanhangá - Rio de Janeiro - RJ. Em frente ao Itanhangá Golf Club.
Segunda a sábado - 8h às 12h; Domingo e feriado- 9h às 12h 
Estacionamento próprio. Aceita CC.
Reservas por telefone ou e-mail: gourmettropical@chacaratropical.com.br.
 tel: 2493-0394 e  2495-8065

04/01/2012

Fernando de Noronha - praias do Mar de Dentro (parte 4)

              Feito o Ilhatur, resta agora repetir as praias que você mais gostou ou conhecer aquelas que passou batido, ou ainda as que você sequer conheceu. Em ordem de interesse as melhores trilhas e praias são essas (visualize todas no mapa do primeiro post):
             
               1) Baia dos Golfinhos - Praia do Sancho - Forte São Joao Batista dos Dois Irmaos - Essa é, sem dúvidas, uma das melhores trilhas de toda a ilha. É feita por cima da Baia dos Golfinhos, da praia do Sancho e quase encosta no topo da Baía dos Porcos. No "Ilhatur" você somente chega ao alto da Praia do Sancho e no mirante dos Porcos, descendo depois, pela famosa escada até a Praia do Sancho. Mas, infelizmente, não chega a fazer a trilha que leva até a Baia dos Golfinhos, o que é uma pena.
               Então a dica é a seguinte: na BR, quando avistar a placa na estrada em direção ao Sancho, entre. No final da estrada, tem um estacionamento no qual você deixará seu carro. Ao invés de seguir direto na trilha do Sancho (à direita), entre na trilha à esquerda e siga até a Baia dos Golfinhos, onde se encontra o Mirante dos Golfinhos (cerca de 1,5 km, sem subidas)


Chegando cedo ou no final da tarde, dando sorte, você poderá ver os golfinhos chegando ou saindo da baia. Consulte os melhores horários. Peça emprestado um binoculo ao guia permanente do ICM-BIO  no local. Mas caso não veja nenhum golfinho rotator, não se preocupe, porque no passeio de barco a chance deles aparecerem é grande. 

Siga agora para o Sancho. Mas Atenção!!! Não volte pela mesma trilha que te levou até ali. Existe outra trilha, beirando a encosta, que te leva ao alto do Sancho. Para se ter uma ideia melhor, imagine um triangulo de cabeça para baixo em que o estacionamento do qual você partiu é o vértice inferior.  Para esquerda, voce seguiu para a Baia dos Golfinhos. Para a direita, seguiria direto para o Sancho.  Mas voce foi primeiro para a esquerda e depois por cima(base do triangulo) beirando a costa, chegará também ao Sancho.Esse trajeto entre a Baia dos Golfinhos até a descida para o Sancho é uma sucessão de paisagens indescritíveis, tendo a Praia do Sancho como pano de fundo!!


Chegando no topo da escada para o Sancho, não desça ainda. Continue mais um pouco pela trilha, agora  até o antigo Forte São João Batista dos Dois Irmãos, onde você terá o enquadramento clássico da foto típica de Noronha: a do morro Dois Irmãos, por cima.




E, olhando para baixo e para trás, vera o Sancho agora por outro angulo.



Também avistará, por cima, a Baia do Porcos:


Depois de tudo isso, ai sim, volte um pouco na trilha e encare a famosa escada de ferro fincada nas pedras, para se chegar até a praia do Sancho. Esse é o único modo, por terra, para se chegar lá. Fora isso, só por barcos.

A dificuldade não esta propriamente no fato da escada ser construída entre as pedras, mas principalmente pela grande distancia entre seus degraus, dificultando a descida principalmente para pessoas de estatura baixa.
Vencendo a escada, a recompensa é grandiosa. Você estará na praia que ja foi considerada varias vezes a mais bonita do Brasil. Veja... mais bonita não significa que tenha infraestrutura. Não tem. Nenhuma. Nem uma barraquinha para comprar água. Nem um guarda-sol ou cadeira. Mas o Sancho é tão lindo que voce nem lembrará disso.A natureza por lá foi generosa: águas transparentes com temperaturas amenas, peixes visíveis sem mascaras, cachoeira em alguns períodos do ano (época de chuvas) e uma encosta toda arborizada que a abraça de ponta a ponta.
Nem pense levar uma cadeira de praia. Descer a escadaria com ela seria praticamente impossivel. Leve toalhas, cangas, água e algo para comer, se pretende ficar algum tempo por lá. Procure um sombra junto às arvores, onde o terreno é todo cheio de pedras vulcânicas. CUIDADO para não deixar a bolsa aberta com comida. A ilha é infestada de Teju, algo parecido com um pequeno camaleão. Ele devora todo o resto de comida que vê pela frente, inclusive dentro da sua bolsa.

Teju

O mergulho com mascara e snorkel é feito numa área bem central da praia, na chamada "laje do Sancho", que nada mais é do que um enorme formação de corais e pedras  submersos, bem no meio da praia, distante cerca de 20/25 m da areia. É onde os barcos também param para mergulho.

2) Praia da Cacimba do Padre e Baia dos Porcos - Se fizer o Sancho pela manhã, poderá fazer essas duas praias à tarde. Apesar de estarem lado a lado, não há passagem do Sancho para os Porcos. A única maneira de se chegar aos Porcos é pela praia da Cacimba do Padre. Então, se estiver no Sancho, terá que subir a escada, retornar para a BR, e seguir para a próxima entrada (sentido leste), que te levará até a Praia da Cacimba do Padre. A praia recebeu esse nome gracas à descoberta, por um padre, de uma fonte de água potável na estradinha que leva ate ela.
    É a praia que você consegue avistar os Dois Irmãos mais de perto, do chão.O mais interessante é que,  quando você chega à praia, o angulo de sua visão só lhe permitirá ver um dos morros, porque o outro estará localizado atrás dele. À medida que você caminha para a esquerda, em direção à Baia dos Porcos, o segundo morro começa a aparecer lentamente.
Dois Irmaos com um dos morros escondido pelo da frente.

Caminhando para a esquerda, o segundo morro aparece.

No Ilhatur, voce é levado direto até a Baia dos Porcos, por uma pequena trilha. Mas se lá voltar, não deixe de  entrar numa outra pequena trilha, com inicio no meio e à direita da principal, em direção ao mar, onde poderá avistar toda a Praia da Cacimba e o Morro do Pico. Olhe, embaixo, a foto que você conseguirá tirar:



Volte a trilha principal e siga até a Baia dos Porcos. Mas prepare-se. porque o visual é alucinante.Pequenas piscinas naturais são formadas pela pedras. O mar é inacreditavelmente transparente.


      O mergulho por lá passa a ser quase que obrigatório. Mas tudo também sem infraestrutura e pouca sombra.
      Se optar por almoçar na Barraca das Gêmeas, que fica na Cacimba, deixe agendada a hora que irá retornar dos Porcos, para que seu peixe já esteja assado (ver post 2)

3) Praia da Conceição


    É a praia, com infraestrutura, mais bem cenografada. Estando na Vila dos Remedios, o acesso é facil mediante uma caminhada por uma estrada que beira o litoral, após passar as praias do Cachorro e Meio. A infra fica praticamente por conta do Bar Duda Rei no canto esquerdo e pelo Bar do Meio no canto direito, colado com a Praia do Meio.
Mas esse infra terá seu preço. A latinha de cerveja no Duda Rei alcançava consideráveis R$ 7,00 em set/011. É um dos locais favoritos para se assistir o por do sol. Tem até um chuveirinho...

canto esquerdo junto ao Morro do Pico

No canto direito, na pedra que divide a Conceição com a praia do Meio, você encontrará um ótimo local para mergulho com mascara e snorkel;

4) Praia do Cachorro e Meio

São as praias mais próximas à Vila dos Remédios. A do Cachorro deve ser evitada por quem não gosta de muita confusão, digo, farofeiros. Mas lá se pode ver, no canto direito, nas pedras, uma piscina natural conhecida como "Buraco do Galego". Mas só na maré baixa.


          A do Meio é mais vazia, mas sem muito atrativos.
 
5) Praia da Quixabinha, Bode, Boldró, Americano e Boldró
É uma sequencia de pequenas praias, mais desertas, que se inicia no lado direito da Praia da Cacimba do Padre. São boas praias para se avistar um por do sol.



Acima da praia do Boldró encontra-se o Forte São Pedro do Boldró, ou simplesmente Fortinho do Boldró, onde se avista o por-do-sol mais famoso de Noronha (geralmente é a última parada do Ilhatur). O local conta com um bar e caixas de som.
Por do sol visto do Fortinho do Boldró

 Fechado o Mar de Dentro, Noronha já valeu a pena, esteja certo. Mas se houver mais alguns dias na ilha, comece a explorar algumas praias do Mar de Fora.