05/07/2011

Buenos Aires - Argentina (parte 1)

             1) As melhores épocas do ano

         Definitivamente fuja da idéia de conhecer Buenos Aires no verão! Além do calor, a umidade do ar também é altíssima. Todas as pessoas que conheço que não curtiram Buenos Aires foram para lá justamente nessa época do ano. Ir no inverno pode também não ser uma boa idéia, uma vez que passeios ao ar livre ou simplesmente caminhar pelas ruas pode se tornar uma experiência incômoda, devido a temperaturas mínimas em torno de 0 C
        Assim sendo, parece que o outono e a primavera permitem tanto passeios ao ar livre como desfrutar de todo o charme que a "Paris das Américas" oferece com temperaturas mais amenas.
         Mas nunca se esqueça de levar seu casaco independentemente da época do ano que escolha. 

            2) Vôo e aeroportos

       Dê preferência sempre a vôos diretos para Buenos Aires.A maioria das grandes capitais já os oferecem.Escalas e conexões podem transformar sua viagem num pesadelo, principalmente em feriados ou férias - falando por experiência própria. Outro detalhe importante é que recentemente foi aberto a vôos internacionais o antigo aeroporto doméstico da cidade, o Aeroporto Jorge Newbery (Aeroparque).O internacional é o Ministro Pistarini, mais conhecido, simplesmente, como Ezeiza. As companhias aéreas brasileiras operam vôos para ambos aeroportos. Então qual escolher? O Ezeiza leva vantagem na "infra" para a chegada dos turistas. O Aeroparque, por sua vez, fica em Palermo, gerando corridas bem mais baratas e rápidas para o seu hotel.
        Uma notícia não muito boa para os clientes da TAM: a empresa acaba de anunciar uma alteração em seu programa fidelidade, alterando o resgate de 10.000 para 15.000 pontos, por trecho, para países na América do Sul. Em compensação, vem disponibilizando de vez em quando varias promoções a 6000/8000/10000 pontos o trecho.
      

              3) A Chegada 


             Somente no Ezeiza há uma agência do Banco de La Nacion, onde se tem o melhor câmbio para os reais x pesos. Ignore todas as outras casas de câmbio do aeroporto. Mas fique atento ao horário de chegada do vôo porque, apesar de alguns sites informarem que o Banco permanece aberto 24h, na ultima viagem à cidade presenciei o banco fechado às 23h. Para entrar na agencia voce precisara sair da area de desembarque e virar a direita.O esquema do táxi também é mais organizado, com corridas fixas a 150 pesos a ida e 110 a volta (jun/2011) e agendando previamente e entregando um cupom que você recebe na ida) É só procurar pelo guichê do "Transfer Express".Chegando pelo Aeroparque você certamente pagará muito menos de táxi mas o câmbio não terá a mesma sorte porque no Aeroparque não há agência do Banco de La Nacion. Acho que a melhor opção, nesse caso, é trocar uns pesos no Brasil para não chegar zerado e depois procurar sacar pesos em caixa automático que, mesmo com IOF e outras taxas, ainda é melhor do que trocar nas casas de câmbio da cidade. Mas saque o mínimo para táxi e coisas pequenas. Para o restante, use seu cartão de crédito, porque a cotação é bem melhor.


* Tendo em vista a alta inflação de preços na Argentina, os preços divulgados rapidamente se tornam defasados.


10 comentários:

  1. Leo,

    bem-vindo à blogosfera!!! Adorei o post inicial, e tive a honra de ser aprimeira seguidora, iupis!!! Já coloquei entre os blogs que visito e vou recomendar para todo mundo!!!

    Mil beijos, Dadá
    http://umahistorinhapordia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Leo,
    Vou em Outubro para Buenos Aires de lua de mel, e estou na dúvida sobre algumas coisinhas:
    - Levar dim dim ou usar cartão? (vi que vc prefere usar cartão, mas a dúvida é com relação ao IOF, se ainda vale a pena usar cartão mesmo com o aumento do imposto).
    - Passeio para o Trem da Costa, Delta.. vale a pena?
    Obrigadíssima pela ajuda.
    Beijos,
    Raphaella

    ResponderExcluir
  3. Raphaella,
    Troque apenas a quantidade de dinheiro necessaria para pagar pequenas coisas e táxi.Mesma com o aumento do IOF, a cotação do peso no cartão ainda é muito vantajosa. Para se ter uma ideia, nesse mês de julho o peso bateu R$ 0,38 de real na cotação do cartão. Se for comprar peso em casa de cambio aqui no Brasil nao pagara menos que R$ 0,50. Acredito que mesmo lá no Banco de La Nacion a cotação deve ser bem perto da do cartão.
    Quantos ao passeio, depende de quantos dias voce ficara por la.Isso porque voce perdera um dia inteiro no Tren da Costa.

    ResponderExcluir
  4. Leo,
    Outra dúvida antes de mais nada: o Duty Free da ida é o mesmo da volta? Pois meu vôo chegará de madrugada e acontece que terei que ficar um boooommm tempo no aeroporto para ir para o apto.
    Bem, como te disse, vou para a lua de mel e alugamos um apto na Recoleta. Ficarei 11 dias lá.
    A dúvida com relação ao dim dim é pq como vou chegar por Ezeiza e de madrugada, então daria para ir ao banco pra trocar Real por Peso. Mas a questão é que não queria sair com um dim dim daqui e ficar com esse dinheiro no apto. Só, claro, se valesse muito a pena. Pelo visto não é tanta diferença assim do cartão para o câmbio do aeroporto.
    Você chegou a usar débito por lá?
    Como disse, vou ficar 11 dias por lá.. vc fez esse passeio? Qual o melhor roteiro vc daria para a ida e volta para la e o que fazer lá tb.
    Bjo, obrigada mais uma vez!

    ResponderExcluir
  5. Raphaella,

    Deixe para comprar no Duty Free de saída de Buenos Aires. Maior variedade e preços melhores.
    Quanto ao dinheiro, pode usar debito se seu banco permitir. Alguns tem que habilitar essa função. Mas leve alguma coisa daqui ja que voce chegara de madrugada.O resto pode confiar no credito. Seguro e mesmo com IOF ainda ta bem vantajoso.
    Quanto aos passeios e restaurantes to para soltar nas 2 proximas semanas outros posts de Buenos Aires (continuação), onde voce podera ver tudo isso com detalhes. É so acompanhar!

    ResponderExcluir
  6. Leo,
    Eu não ia comprar nada na chegada. Era só pra matar tempo mesmo e ficar olhando... na verdade já pesquisando para o que comprar na volta.. hahahahaa!!!!
    Vou acompanhar com certeza seus posts sobre os restaurantes.. pode deixar!!!
    Falando nisso, vc está em Buenos nesse momento? A minha dúvida é com relação ao tempo em Outubro. Quando fomos em Novembro de 2009, fez um pouco de frio e de calor tb... mas claro que início de Outubro deve ser mais geladinho.
    E com relação ao passeio ao Delta? Como disse, ficaremos 11 dias.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Raphaella,

    Em outubro a temperatura durante o dia não está tão baixo como no inverno mas as noites podem ser bem frias ainda. Passeio do Delta com estadia de 11 dias fica mais tranquilo. Pra lua de mel pode ser romantico sim. Falo dele no post de roteiros. Hoje e proxima semana saem os demais posts de BsAs.

    ResponderExcluir
  8. Leo,
    Você ainda vai postar sobre o Delta? Pois não achei a parte de roteiros no seu blog.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  9. Sim. Ainda nao postei. Semana que vem.

    ResponderExcluir